Maio de 2006 - Liberta de toda a culpa

Quando eu era criança, fui batizada e fiz a Primeira Comunhão. Depois, participei de um Encontro de Adolescentes com Cristo, mas ainda na adolescência fui levada a participar de reuniões espíritas. Até o dia em que, em uma dessas reuniões algo destruidor foi dito por um dos participantes a mim. Naquele momento eu tive a certeza de que alguma coisa ali estava errada, que aquelas não podiam ser Palavras de Deus como alguns me diziam. Deixei de acreditar.

Bem devagar, voltei a ir à igreja, e há poucos meses freqüento as missas todos os domingos. A aproximação com alguns membros da minha família me fez querer ter mais conhecimento sobre a religião católica, e assim, me inscrevi para fazer a Crisma e me ofereci para um trabalho voluntário na Comunidade Bom Pastor. Já em minha primeira semana fui convidada para o Retiro de Cura Vem para o Meio, no dia 08/04. Acho que foi nesse dia que aconteceu o meu verdadeiro encontro com Cristo.

Se não bastasse ter ouvido e participado das pregações e orações maravilhosas, naquele dia, eu também me confessei depois de 10 anos (eu só tinha me confessado na Primeira Comunhão). Assim que saí da Confissão e retornei ao salão das Palestras, ouvi do Sacerdote que aqueles que haviam se envolvido no espiritismo e que agora haviam buscado a reconciliação através do sacramento da confissão, estavam libertos de toda culpa.

Durante todo retiro foi assim, eu sentia que toda palavra dita ali era pra mim. Saí dele certa do amor de Deus por nós, me senti mais do que nunca Sua filha, completamente apaixonada, segura que agora estou no caminho certo, onde Deus me quer.

Tatina Aleixo Sobreira, 22 anos
Maio / 2006


VOLTAR

 


 

 

 

"Se tu fores aquilo que deves ser, lançarás fogo ao mundo". (Santa Catarina de Sena)