Março de 2006 - Sem Deus é impossível ser de Deus!

Há momentos em nossa vida que nos sentimos em um vale escuro. Atualmente, no Ministério de Música tenho me sentido assim: atravessando um vale escuro mas aprendendo a não ter medo dele. Esse vale escuro têm vários nomes: pensar que sou incapaz de executar a obra de Deus; medo de não conseguir ser fiel; ver as fraquezas dos próprios limites; lidar com as misérias que habitam em mim.

E, lá no fundo do vale, eu me vi como uma mulher carnal, velha e feia, uma mulher que não sabe usar bem a língua, não sabe amar sem querer algo em troca e tive medo de mim mesma e percebi que sem Deus é impossível ser de Deus. Ao mesmo tempo, percebi também a força do chamado Dele. Ele sabe de que eu sou feita, sabe que existe o joio e o trigo em meu coração e é Dele, do Seu Sangue Precioso que eu recebo a graça de embeber e lavar o joio e de regar o trigo.

Atravessamos o vale escuro, mas não permanecemos lá. Eu passei por ele mas não permaneci. E diante das minhas misérias, lá do fundo de meu coração, experimentei um novo e enorme desejo de abraçar mais forte a Jesus e o ministério que Ele me confiou na Comunidade. É, não foi à toa que Jesus disse: “Sem Mim nada podeis fazer”(Jo 15, 5). Por isso, eu oro: Imprime, ó Pai Eterno, em nossos corações, a humildade e a paz que excede todo o entendimento humano, em nome de Jesus seu Filho.
Amém!

Mariana da Conceição Evangélio dos Santos, 23 anos
Consagrada da CBP e integrante do Ministério de Música da Comunidade

Março / 2006

VOLTAR

 


 

 

 

"Eu vim lançar fogo à terra..." (Lc 12,49)