Semana internacional por um mundo unido
Organizada pelos Jovens do Movimento dos Focolares

Entre os dias 1º a 10 de maio acontecerá a Semana Internacional por um Mundo Unido, uma ação mundial pela paz e a solidariedade, promovida pelos Jovens por um Mundo Unido, do Movimento dos Focolares, que acontece em numerosos países.

Esta iniciativa – informa a Zenit Florencia Schiafino, responsável de imprensa da Semana na Argentina – tem sua origem em 1995 em Roma, fruto conclusivo de um encontro de trabalho de mais de 12 mil jovens de 106 países, onde propuseram este encontro anual, com o objetivo de dar luz e importância às iniciativas que promovem a unidade em qualquer âmbito. 

Desde então, desenvolve-se esta iniciativa mundial pela paz e a solidariedade, onde, a partir de debates, festivais, marchas, vigílias de oração, competições esportivas, ações de solidariedade com os mais necessitados, transmissões radiofônicas e televisivas e demais atividades, tenta-se dar a conhecer ao mundo este ideal de fraternidade e unidade. 

Os objetivos da iniciativa, segundo expressam seus organizadores, são «contribuir para criar relações de convivência pacífica, uma mentalidade de ajuda recíproca entre os povos e culturas diferentes, no respeito da dignidade de cada homem e da identidade de cada comunidade ou povo». 

Durante a Semana se fazem as propostas de: uma estratégia de paz; uma cultura da acolhida; uma cultura do dar e uma cultura ecológica. 

A estratégia de paz inclui a proposta de «um estilo de vida que tenda a construir a paz na vida cotidiana com todos, sem excluir ninguém. Uma linha de ação coerente que inclua a denúncia da violência nos meios de comunicação, o boicote às armas de brincadeira e aos produtos publicitários com imagens violentas. Um compromisso pessoal baseado na honestidade, começando pela rejeição das recomendações e dos subornos. Organizar manifestações locais para sensibilizar a opinião pública à paz e rejeitar a guerra como método para solucionar as controversas». 

A proposta de uma cultura da acolhida afirma: «Nossas cidades são e serão sempre mais ricas de cores pela presença de pessoas de outras etnias, culturas e religiões. É o desafio que a história nos propõe, em particular aos jovens: superar cada temor e transformar esta realidade em uma oportunidade para a unidade dos povos». 

Por ocasião da Semana Internacional por um Mundo Unido, realizar-se-ão numerosas iniciativas em todo o mundo. Em Buenos Aires acontecerão diversas atividades e iniciativas que podem ser vistas em: www.semanamundounido.com.ar

Fonte: ZENIT. ROMA. 23 de abril de 2009.ZP090423. www.zenit.org

VOLTAR

 

"A fé é o fundamento da esperança". (Heb 11,1)