23/7/2003 - A fidelidade de Deus

Um dia ouvi falar da reunião carismática pela televisão e tive o interesse em conhecer! Estava com problemas com meu filho... Ele saia de casa, se desorientava e se perdia pela rua, não retornando... Passavam-se, às vezes, dois ou três dias e retornava sem lembrar de nada. Parecia, aparentemente, bem! Rezava muito, mas acredito que não sabia pedir a Deus, dizia que Deus não me ouvia. O fato se repetia, levava-o aos médicos e nada era! A situação continuava... E eu pedia a Deus o retorno de meu filho à minha casa. Até que um dia, quis desistir de ir a procura de Deus. Disse que não ia, mas em seguida tomei a decisão contrária. Uma força maior me impulsionava a ir a igreja e fui. Enfim, levada por uma força maior, entrei na igreja. Ao chegar fui acolhida na porta com um folheto pequeno de uma música chamada “Vou seguir” (da Cassiane), ao ouvi-la e meditar sua letra percebi o meu rosto banhado em lágrimas. Uma forte voz que dizia: “Não desista!”. E Jesus me curava tanto mais quanto eu ouvia essa música, eu não conseguia cantar, só chorava... E, então, compreendi que Deus dava uma ordem aos seus anjos para me proteger e, através de mim, proteger ao meu filho. Senti profundamente que “desistir por que?” se meu filho precisava de mim... Hoje ele é uma pessoa normal, não se repetiu mais a situação, estou engajada no Grupo de Partilha, com trabalhos na Comunidade e agradecendo a Deus pela maravilhas que tem operado na vida de minha família. Obrigada, Senhor, por esse testemunho de uma libertação "interior".

Dária
Participa da Comunidade como serva e é membro dos Grupos de Partilha


VOLTAR

 


 

 

 

"No essencial, a fidelidade; no resto, a liberdade; em tudo, o amor". (Santo Agostinho)