Roma convoca bispos do mundo em torno dos movimentos, dom do Espírito
Encontro organizado pelo Conselho Pontifício para os Leigos

Por Marta Lago

Com o alento do Papa, o Conselho Pontifício para os Leigos convoca 100 bispos dos cinco continentes para refletir «sobre os movimentos eclesiais e as novas comunidades como dom do Espírito Santo para a Igreja de nosso tempo».

Trata-se de um seminário de estudo para bispos, que acontecerá na localidade romana de Rocca di Papa – de 15 a 17 de maio – após eventos anteriores em torno da solenidade de Pentecostes.

Na vigília de Pentecostes, há dois anos, os movimentos eclesiais e as novas comunidades foram protagonistas de um extraordinário encontro - recorda o dicastério para os Leigos - com o Santo Padre na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Prólogo desse momento foi um congresso de mais de 100 responsáveis de realidades eclesiais sobre o tema: «A beleza de ser cristão e a alegria de comunicá-lo».

O Conselho Pontifício para os Leigos – explica em um comunicado – «deseja continuar com os pastores provenientes de cada parte do mundo a reflexão sobre os movimentos eclesiais e as novas comunidades como dom do Espírito Santo para a Igreja de nosso tempo».

Mais de 100 bispos de 50 países dos cinco continentes participarão desse seminário de estudo, junto a representantes de cerca de 20 comunidades eclesiais, tais como a Comunidade de Sant’Egidio, os Focolares, diferentes realidades da Renovação Carismática Católica, Shalom, Emmanuel, Comunhão e Libertação e a Comunidade João XXIII, exemplifica o dicastério à Zenit.

A exortação de Bento XVI a um grupo de bispos – «Peço-vos que saiais ao encontro dos movimentos com muito amor» – guiará os trabalhos. Ele está presente no discurso que o Papa dirigiu a prelados alemães em 18 de novembro de 2006, em visita «ad limina».

O objetivo é aprofundar no significado teológico-eclesial e pastoral do fenômeno dos movimentos eclesiais e das novas comunidades e traçar as tarefas dos pastores com relação àqueles.

Na quinta-feira, serão inaugurados os trabalhos com a concelebração eucarística presidida pelo cardeal Tarcisio Bertone. A seguir, o cardeal Stanislaw Rylko intervirá sobre «Os movimentos eclesiais e as novas comunidades nos ensinamentos de João Paulo II e Bento XVI».
No sábado, após a Eucaristia presidida pelo cardeal Rylko, os participantes se dirigirão ao Vaticano, onde Bento XVI os receberá em audiência.

Fonte: ZENIT.org. CIDADE DO VATICANO. 13 de maio de 2008. ZP080513.www.zenit.org

VOLTAR


 

"A fé é o fundamento da esperança". (Heb 11,1)