Minha fé restaurada

Acabei de chegar do Grupo de Oração. Meu coração exulta de alegria e gratidão a Deus! A Sua bondade foi manifestada em meu coração em cada momento vivido naquelas duas horas e sei que também no coração de todos que ali estavam.

A música, as orações e a Palavra de Deus proclamada durante o Grupo operaram uma cura, um milagre!

Enquanto cantavam “Deus não é homem pra mentir... mas suas promessas vão se cumprir” era como se eu voltasse ao tempo e começasse a perceber a presença de Deus em cada instante da minha vida. O meu coração dizia que o Senhor estava restituindo a minha fé. Neste exato momento, alguém proclamou “o Senhor está restaurando a nossa vida, restituindo a nossa fé”. Aquelas palavras confirmavam o que se passava em meu coração!

Comecei a lembrar da minha fé quando criança. Era a fé das crianças de que fala o Evangelho: uma fé inabalável, uma confiança plena em Deus a ponto estar certa de que quando me dirigia ao meu “Papai do Céu”, Ele sempre me ouvia, sempre me atendia. Tudo o que precisava, eu falava pra Ele. Lembrei na verdade que O tinha como um companheiro, meu melhor amigo. Que me sentia totalmente envolvida pelo Amor do “Papai do Céu”.

O Grupo continuava e eu me inebriava com a lembrança da infância, e as músicas que se seguiam só me davam mais certeza de que naquela noite algo muito especial estava acontecendo em minha vida!

Em determinado momento, antes da Palavra de Deus ser proclamada, Laura disse-nos que o Senhor queria fazer uma troca: queria trocar todas as palavras más que saíram das nossas bocas para alguém ou que alguém houvesse falado para nós, pela Sua Palavra – a Palavra que estava na Bíblia, no Salmo 26.

Meu coração começou a “fervilhar”: eu sabia que cada Palavra dita - e eu quis fechar meus olhos, pois queria receber cada palavra como se o próprio Deus estivesse falando para mim - iria agir como fogo no meu coração. E foi o que aconteceu.

Quando o versículo 2 foi orado: “quando os malvados me atacam para me devorar vivo, são eles, meus adversários e inimigos, que resvalam e caem”, entendi, naquele instante, que as palavras más ditas contra mim, era eu mesma quem as proferia, minando a minha fé e roubando o meu direito à felicidade que o meu Amado Jesus conquistou para mim. Era eu mesma. Não vinha de fora, vinha de dentro de mim, dos meus pensamentos e maldições que eu mesma lançava contra mim. Era eu mesma quem roubava o meu direito à felicidade.

Não pude mais me calar e levantei-me e partilhei com meus irmãos o que Deus acabara de fazer em mim, e com certeza, com todos os irmãos que estavam no Grupo.

Cada palavra má que eu lançara sobre mim, sobre determinada situação da minha vida que se levantava contra mim, ela mesma resvalava e caía naquele instante, não tendo mais o poder de tirar o meu direito à felicidade e assim também acontecia com todos ali na assembléia. Deus restituía o direito de cada um!.

Com os versículos 7 e 8, pude ver minha fé restaurada e dizer novamente (como quando criança) com as Palavras Sagradas “Escutai, Senhor, a voz de minha oração, tende piedade de mim e ouvi-me. Fala-vos meu coração. Minha face vos busca. A vossa, ó Senhor, eu a procuro”.
E com os versículos 13 e 14: “Sei que verei os benefícios do Senhor na terra dos vivos!” (o direito à felicidade está garantido), porque eu “espero no Senhor e sou forte!”, pois “fortifica-se o meu coração e espero no Senhor!” Amém! Aleluia!

Iete Aleixo
19/maio/2008

Outros Testemunhos

Maio de 2008
Minha fé restaurada
Iete Aleixo
Maio de 2008
O primeiro passo tinha que ser meu
Érika Colenze
Março de 2008
A mágoa deu lugar ao perdão
Hugo Leonardo
Fevereiro de 2008
Sou chamada a apascentar
Socorro Lima
Setembro de 2007
PARTILHA, MOMENTO DE ACOLHER
Augusto César Dias Ferreira
Agosto de 2007
Perfume de Deus
Cirlene
Julho de 2007
Remar contra a maré
Simone Oliveira
Março de 2007
A fé remove montanhas

Carlos Magno

Novembro de 2006
Podes reinar

Setembro de 2006

É melhor cair nas mãos de Deus

A.A

Agosto de 2006

Meu melhor presente!!!

A.A

Julho de 2006

Mesmo no cativeiro, não deixou de cantar!

A.A

Maio de 2006

Liberta de toda a culpa

Tatina Aleixo Sobreira

Março de 2006

Sem Deus é impossível ser de Deus!

Mariana da Conceição Evangélio dos Santos

24/7/2003

O Deus do impossível!

Testemunho de Andréa Garcia

24/7/2003
A Misericórdia do Senhor!
Testemunho de Marina da Costa Lima Pereira
24/7/2003
Se espinhos ferem os meus pés!
Testemunho de Eliane Torres
24/7/2003
Jesus está vivo e me ama!
Testemunho de Geraldo Freitas
24/7/2003
Rompendo em fé!
Testemunho de Maria do Socorro Barros Canas
24/7/2003
A fé remove montanhas.
Testemunho de Maria Tereza de Mello Tavares
24/7/2003
Basta-me a Tua graça!
Testemunho de Zenaide Biccas
23/7/2003
A fidelidade de Deus
Testemunho de Dária

TOPO

"Fazei todas as coisas sem murmurações nem críticas..." Filipenses 2,14